acsm

Amo a minha Petrópolis

Textos

Quem Sou?
Quem sou?



Sou o homem que chegou em sua vida.
Vim porque te amo, e quero amar mais e mais;
Não tenho nada, somente amor.  

Sou o homem que vim me apossar do seu coração;
Tomar conta do seu corpo,  ter você só para mim.
De onde venho não importa.

Sou o homem que mal  te conhece;
Mas que vai te conhecer, ter você para sempre;
E amanhecer todos os dias em seu braços.

Sou o homem que veio para te amar;
Que trago no peito um amor bonito.
Podes acreditar, esse amor é todo para você.

Sou o homem que um dia sonhou,
Te deixar tonta, te fazer feliz;
Ao sentir todo o meu bem querer.

Sou o homem que tenho no rosto a alegria,
E o sorriso de um menino;
É o que preciso para te convencer.

Sou o homem que você esperava.
Sou a sua realidade;
Vim invadir em cheio a sua ilusão.

Sou o homem,
Que tudo ofereço;
E por isso mereço a sua paixão.

Sou a sua coisa boa;
Vou mudar sua vida, e dizer que te quero.
É verdade, acredite, não é uma mentira àtoa.

Sou o homem que vai te fazer mais mulher


Carlos Marques



Quem Sou?


Sou a mulher que permitiu a sua invasão na minha vida;
Aquela que acredita no seu amor.
Que te ama com ardor.

Sou a mulher que sempre desejou te encontrar;
Para somente você amar;
E meu corpo inteiro te entregar.

Sou a mulher que anseia pelo seu carinho;
Ter você para sempre no meu ninho;
Deixando-me levar sem restrições, por este seu jeitinho.

Sou a mulher que conhece todas as realidades
Mas que de ti, morre de saudades;
No nosso amor não existe maldades.

Sou a mulher que espera tudo que você oferece;
Assim nosso amor jamais fenece;
Somente engrandece.

Sou a mulher que espera nossa comunhão;
Que seja ela com muita paixão;
Cumprindo os desejos do coração.


               Grace Fares
                24/05/10
acsm
Enviado por acsm em 26/05/2010
Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras