acsm

Amo a minha Petrópolis

Textos


Arnaldo Rippel
POETA ALVO E SETA...


Ser Poeta é ser assim
Catapultar sonhos pelos Universos
Desejos que nunca terão fim
Impulsionado pela força de meus versos....
 
Sorrir, chorar, sem medo de viver
Saber que a Poesia, sempre vai trazer
Rimas e verdades desde o Alvorecer
Mostrando a eterna diferença Ser e Ter....
 
Fazer de cada despedida uma Saudade
Mostrar que o Amor, NÃO tem prazo de validade
Viver Flutuando num Oceano de Paixão
Ligado aos Translúcidos tubos da Imaginação...
 
Poeta que atiça a Fogueira desde a Mocidade
Que preza pelo Tom, claro tem vaidade
Que gasta tantas folhas produzindo rimas
Sempre na Esperança de muitas obras primas..
 
Poeta que tem Gene de Profeta
Que ora ajoelhado qual Asceta
Poeta na Estrada, curva e reta
A cada dia, a cada noite, ALVO e SETA...

 
Arnaldo Rippel
Enviado por acsm em 25/10/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras