acsm

Amo a minha Petrópolis

Textos



Suziene Cavalcante

A BIOGRAFIA DE TOM JOBIM EM POESIA (Parte II - III)

 


   Perguntei à Brasília:

   -Qual a sua canção mais exímia? Quem hinificou-te com as mais belas rimas? 
   E respondeu-me Brasília, a Guardiã cívica, assim:
   -"Brasília, a Sinfonia da Alvorada", a linda canção criada pela genialidade multifacetada de Tom Jobim!
 
   Tom Jobim, talento de seda...
Filho de Jorge Jobim e Nilza Brasileiro de Almeida! 
   Aos 27 de janeiro nasceu... Em 1927, com missão célebre de Deus!  Missão de nobreza!
   Em uma casa na Rua Conde de Bonfim... Esplendeu a estrela Tom Jobim para brilhar a vida inteira!
 
   Incentivado pelo padrasto Celso Frota Pessoa, seus passos musicais explodem... Seu sucesso no Universo ressoa! 
   No Rio, a Gravadora Continental contrata e abraça o Tom Jobim fenomenal... Nos anos 50, revolução suprema da década especial.
 
   Os seus primeiros professores de piano: Hans Joachim, Tomas Terán e Lúcia Branco... Seu talento por-se-iam aperfeiçoando...E o mundo, em tom profundo, ir-lhe-ia ouvir!
   Na areia das praias cariocas ainda se vê suas pegadas talentosas...em nota saltitosa, ali... O tom do mar mostra-se afinado tal qual o som maestrado do Tom Jobim... As ondas do mar procuram, com muita ternura, as pegadas em partitura de Tom Jobim!
 
   Quem regeu na Rádio Nacional a primeira composição sinfônica especial ... Quem não se lembra da  "Lenda" orquestral, que tornar-se-ia sem fim?! 
   O passado respira o presente... Partituras em alturas eloquentes... O tom do eterno, o tom do para sempre, o Tom Jobim! 
 
   Tom Jobim, Vinícius de Moraes e João Gilberto... Unidade tridimensional em tom singelo! A Bossa Nova, uma nova aurora do vintenário século! Fundamento tríade da música insigne que até hoje progride em seu alto nível excelso !
 
   Bossa Nova, nobre revolução musical... Lindo gênero autêntico e sobretudo cultural! Representou toda a mudança sóciopolítica e suas nuancas, novas tecnologias, novas esperanças, a construção da nova Capital!
   
   Brasília, nova Capital célebre! A revolução da arquitetura à altura de Oscar Neimeyer Mudança em série evolucional! 
   O salto quântico de Juscelino Kubitschek, que ficou conhecido como o célebre "Presidente Bossa Nova" na revolução em espécie, que ainda cresce por sinal!
 
   Tom Jobim... O gênio das coisas novas! Mão fundamental na Bossa Nova...Criou a Banda Nova, iluminou uma cultura nova... E até para partir... Foi em York Nova! Isto é, em Nova York.
    Seu talento sempre novo será... Há de ser sempre o Garoto de Ipanema a cantar em nível forte! O maior gênio da Música Popular... Em 1994, Deus, bem alto, o quisera chamar! Um gênio assim, Deus há de escalar... Gênio desse porte!
   Aos 08 de dezembro partiu o Exímio! Ó dia 08, símbolo do infinito! O mar de Ipanema trouxe açucena ao cortejo bonito! Ao tom da despedida choraram as Avenidas... E um vazio ficou.
   Estará sempre vivo no seu legado infinito! Suas canções embalaram o mar no eco do vento afinadíssimo... Infindaram-se na rocha do tempo lírico! Ah, arte que se perpetuou!
 
   (*) Suziene Cavalcante

 
Suziene Cavalcante
Enviado por acsm em 26/12/2020
Alterado em 23/01/2021
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras